A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos. (Charles Chaplin)

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Na apresentação, Rochemback avisa que dará seu melhor vestindo azul

Reforço do Grêmio foi revelado no Inter, mas quer deixar isso para trás
Fábio Rochemback chegou a Porto Alegre na noite deste domingo e foi apresentado na tarde desta segunda, no Estádio Olímpico. Ao vestir a camisa do Grêmio pela primeira vez, o volante disse que se sentirá bem de azul, e acredita que sua passagem pelo Internacional não tem relação com essa nova fase.
– Depois de tanto tempo, não causa muito impacto. Fui formado no Inter, mas escolhi o Grêmio e, já que surgiu a possibilidade, pode ter certeza que eu vou estar na melhor posição possível vestindo o azul – declarou.
O jogador não estava sendo aproveitado no Sporting nesta temporada. Mas ele afirma que está em boas condições de jogo. A volta ao Brasil foi opção para seguir a carreira.
– A volta foi uma escolha bem pensada. Não vinha jogando no Sporting nessa temporada, mas na outra joguei quase todos os jogos. Então não é um recomeço, é mais uma opção para minha carreira – explicou.
Rochemback não se preocupa com a concorrência no meio-campo gremista. Para ele, essa disputa é saudável.
– Quanto mais jogadores na posição, melhor. A concorrência é boa e saudável – opinou.
Voltando a atuar em um time do Brasil, Rochemback não esconde que pensa também em retornar para a seleção brasileira.
– Jogador brasileiro tem que pensar em seleção, mas minha prioridade é ajudar o Grêmio. Seleção é consequência do trabalho – comentou.
Assim como disse logo no desembarque no Aeroporto Salgado Filho, o jogador já se coloca à disposição do técnico Paulo Autuori.
– Já quero treinar amanhã e ficar à disposição do treinador. Quero jogar – finalizou.

Fonte: globoesporte.com

Quando chegar

Quando chegar aos 30
serei uma mulher de verdade
nem Amélia num ninguém
um belo futuro pela frente
e um pouco mais de calma talvez

e quando chegar aos 50
serei livre, linda e forte
terei gente boa ao lado
saberei um pouco mais do amor
e da vida quem sabe

e quando chegar aos 90
já sem força, sem futuro, sem idade
vou fazer uma festa de prazer
convidar todos que amei
registrar tudo que sei
e morrer de saudade.

Em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, em que a maioria das pessoas pouco se interessa pelo que não lhe diz respeito, só mesmo agradecendo àqueles que percebem nossas descrenças, indecisões, suspeitas, tudo o que nos paralisa, e gastam um pouco da sua energia conosco, insistindo.

Gaste seu amor. Usufrua-o até o fim. Enfrente os bons e os maus momentos, passe por tudo que tiver que passar, não se economize. Sinta todos os sabores que o amor tem, desde o adocicado do início até o amargo do fim, mas não saia da história na metade. Amores precisam dar a volta ao redor de si mesmo, fechando o próprio ciclo. Isso é que libera a gente para ser feliz de novo.

Quem faz intrigas sobre a vida alheia quer ter algo de sua autoria, uma obra que se alastre e cresça, que se torne pública e que seja muito comentada. Algo que lhe dê continuidade. É por isso que fofocar é uma tentação. Porque nos dá, por poucos minutos, a sensação de ser portador de uma informação valiosa que está sendo gentilmente dividida com os outros. Na verdade, está-se exercitando uma pequena maldade, não prevista no Código Penal. Fofocas podem provocar lesões emocionais. Por mais inocente ou absurda, sempre deixa um rastro de desconfiança. Onde há fumaça há fogo, acreditam todos, o que transforma toda fofoca numa verdade em potencial. Não há fofoca que compense. Se for mesmo verdade, é uma bala perdida. Se for mentira, é um tiro pelas costas.

Trecho de "O Divã"

Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos ,um livro mais ou menos.
Tudo perda de tempo.
Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoraçao ou seu desprezo.
O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia.

domingo, 30 de agosto de 2009

Meus preferidinhos...

1. Réver x3 (sempre !);
2. Victor (o melhor goleiro);
3. Adílson (o mais perfeito);
4. Marcelo Grohe (liiiindo *-*);
5. Fábio Rochemback (agora ele é do Grêmio \o);
6. Tcheco (melhor capitão);
7. Willian Magrão (apesar de não estar jogando, é meu preferido também *-*)
8. Léo (só pela boca ;x, brinks !);
9. Fábio Santos (supeeeeeeeeer querido);
10. Mário Fernandes (o melhor quebra-galho de todos!).
Beijos Keila :*

Eu não sei mas o que fazer, meu coração já não pode suportar tanta saudade de você. Já não posso sorrir, já não posso viver. É em você que penso em cada minuto da minha vida, é de você que lembro em cada segundo do meu dia. Acredite e nunca duvide: eu amo você. Eu já não posso suportar a falta de você. Você é tudo que mais quero, você é minha vida. Eu sempre tive medo de entregar meu coração a alquém, mas a você eu entrego minha alma. Eu amo você. Não posso, não consigo sem ter você. Não posso te esquecer. Você é a razão do meu sorriso, é a única razão da qual abro os olhos toda manhã e a noite os fecho. Você é minha vida, realmente amo você. Nada mais importa. Não importa a distância, não importa que você não acredite no nosso amor, não importa os pensamentos, não importa os problemas, não importa nada. Porque tudo o que preciso é você. Eu te amo. Não sei mais como traduzir, com você sei realmente sentir qua algo vale a pena pra mim. Onde você está? Por favor, não me faça mais chorar. Não me faça mais sofrer. Entenda que tudo que preciso é você. Já não importa o quanto me machuquei, já não importa mais nada. Só preciso de você. Aonde você está? Não nota que já não posso suportar? Eu não quero viver sem você, não posso suportar acordar sem te ter. Eu tento acreditar que meu sofrimento sem você é passageiro, mas não pode ser passageiro com você dentro da minha alma. Por favor, onde está você? Não nota que já não posso viver? Eu te amo. Onde está você? Por favor, não posso abrir os olhos sem te ter, já não existe mais razão sem você. Eu sinto sua falta a cada minuto, eu sinto saudade de você. Porque amo você, e você me completa. (não sei quem escreveu ;x)

Perguntas

Quantas vezes você andava na rua e sentiu um perfume e lembrou de alguém que gosta muito? Quantas vezes você olhou para uma paisagem em uma foto, e não se imaginou lá com alguém... Quantas vezes você estava do lado de alguém, e sua cabeça não estava ali? Alguma vez você já se arrependeu de algo que falou dois segundos depois de ter falado? Você deve ter visto que aquele filme, que vocês dois viram juntos no cinema, vai passar na TV... E você gelou porque o bom daquele momento já passou...
E aquela música que você não gosta de ouvir porque lembra algo ou alguém que você quer esquecer mas não consegue? Não teve aquele dia em que tudo deu errado, mas que no finzinho aconteceu algo maravilhoso? E aquele dia em que tudo deu certo, exceto pelo final que estragou tudo? Você já chorou por que lembrou de alguém que amava e não pôde dizer isso para essa pessoa? Você já reencontrou um grande amor do passado e viu que ele mudou? Para essas perguntas existem muitas respostas... Mas o importante sobre elas não é a resposta em si... Mas sim o sentimento... Todos nós amamos, erramos ou julgamos mal... Todos nós já fizemos uma coisa quando o coração mandava fazer outra... Então, qual a moral disso tudo? Nem tudo sai como planejamos portanto, uma coisa é certa... Não continue pensando em suas fraquezas e erros, faça tudo que puder para ser feliz hoje! Não deite com mágoas no coração. Não durma sem ao menos fazer uma pessoa feliz! E comece com você mesmo!
Martha Medeiros

sábado, 29 de agosto de 2009

Por quê... ?

Por que será que eu te amo tanto?
Por que será que eu daria minha vida pela tua? Daria minha vida por um simples sorriso teu, pela tua felicidade.
Por que será que eu desmoronaria só de pensar em te ver triste?
Por que será que eu só preciso ver um sorriso teu pra tudo melhorar?
Por que será que eu só precisaria de alguns segundos (no mínimo) perto de ti, pra nada mais importar e tudo se encaixar?
Por que será que é só você que me importa? E nada mais me atrai, nada mais me encanta, me fascina ou me vicia.
Por que será que tudo que você representa pra mim seja tão grande e tão importante?.
Por que será que eu me sinto tão completa só de olhar pra você?
Por que será que eu nunca encontro palavras..no mundo que aproxime todo esse sentimento? Tudo parece desaparecer. É inexplicável e ainda sim maravilhoso.
Por que será que você representa tanto, se caso um dia você souber não vá ligar..ou vai, mas não na mesma intensidade que eu?
Como é que pode um amor assim..que não teve motivo algum pra começar mas que o final é inexistente.. pode me sustentar de tal forma?
Como é que pode um amor assim me fazer não desistir? Tem momentos que eu me sinto bem só, que não encontro esperanças em nenhum lugar. Um aperto no coração, então eu lembro de você. Teu lindo sorriso é a força que eu preciso pra continuar.
Como é que pode um amor ser tão grande? Tão verdadeiro? E tão sincero?
É melhor que amor de homem e mulher, é mais forte do que amor de fã e é mais carinhoso do que um amor de amizade. É algo sem nome! É algo que poucos sentem. É algo que ja passou de verdadeiro, sincero, platônico, importante, essencial, indispensável, insubstituivel, inalcansável, inexplicavel. É amor!.
De verdade, que vem do coração e não da boca. Não são palavras ao vento..É todo meu coração! E ninguém um dia vai sentir o amor que eu sinto por você. Ninguém vai entender ou amar assim.
Há algo que eu não posso ver... Alguma coisa vivendo no jeito que você sorri. (não sei quem escreveu ;x)

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Fábio Rochemback é do Grêmio

Diretoria confirma que jogador chega para realizar exames e assinar contrato de empréstimo por dois anos

A torcida do Grêmio já pode comemorar a contratação do meia Fábio Rochemback, 27 anos. A diretoria do clube gaúcho confirma que o atleta desembarcará em Porto Alegre no fim de semana, provavelmente no domingo. Na segunda-feira, ele realizará exames médicos e assinará contrato de empréstimo por dois anos com o Tricolor. O vínculo dele ainda pertence ao Sporting, de Portugal.

Na tarde desta sexta-feira, o site oficial do clube português já havia informado que o jogador estava liberado para vir ao Brasil realizar exames médicos, mas sem citar o nome do Grêmio. Horas antes, o diretor de futebol do clube gaúcho, Luiz Onofre Meira, confirmara ao GLOBOESPORTE.COM que era grande a chance de o jogador ser contratado até o fim do dia, como efetivamente aconteceu.

Fábio Rochemback, revelado pelo Inter, ainda defendeu o Barcelona, da Espanha, e o Middlesbrough, da Inglaterra. O Grêmio não pagou nada ao Sporting por ele. Arcará apenas com os salários. O atleta, no 4-4-2, faz as três primeiras funções. É um volante de forte chegada ao ataque, que chama a atenção pelas conclusões a gol.

 
Ficha do jogador
Nome: Fábio Rochemback
Nascimento: 10/12/1981, em Soledade (RS)
Altura e peso: 1,83 m e 83 kg
Clubes: Internacional (2000/01), Barcelona (2001/03), Sporting (2003/05), Middlesbrough (2005/08) e Sporting (2008/09)
Fonte:globoesporte.com

Feliz Cumple, mi amor ! ♥

Parabéns pelo seu dia! Quero colocar dentro desta mensagem todos os corações que te apreciam, toda a luz e paz que você merece. Que a felicidade te acompanhe sempre e que ela seja ainda maior do que já é, pois é maravilhoso o bem que você planta ao longo do seu caminho. Tenha certeza que na vida, no tempo e na eternidade, Deus te descreve sorrindo. Feliz aniversário.


Te amo !

Please Don't Leave Me - Pink

Não sei se eu poderia gritar mais alto. Quantas vezes eu te expulsei daqui? Ou disse alguma coisa insultante? Eu posso ser tão má quanto eu quiser ser, eu sou mesmo capaz de qualquer coisa, eu posso te cortar em pedaços quando o meu coração está...partido. Por favor não me deixe, por favor não me deixe. Eu sempre digo como eu não preciso de você, mas sempre vai voltar pra isso. Por favor, não me deixe. Como eu me tornei tão detestável? O que você tem que me faz agir desse jeito? Eu nunca fui tão indecente, você pode me falar que isso tudo é só uma disputa? Aquele que ganhar vai ser o melhor. Mas amor, eu não quis dizer isso, é sério, eu prometo. Por favor não me deixe, por favor não me deixe. Eu sempre digo como eu não preciso de você, mas sempre vai voltar pra isso. Por favor, não me deixe. Eu esqueci de dizer bem alto o quanto você realmente é lindo pra mim. Eu não posso ficar sem você, você é o meu perfeito saquinho de pancadas e eu preciso de você, me desculpe. Por favor não me deixe. Amor, por favor não me deixe, não, não me deixe. Por favor não me deixe, não, não, não. Você diz que eu não preciso de você mas sempre vai acabar desse jeito. Por favor não me deixe. Não. Não, por favor não me deixe. Por favor não me deixe, oh não não não. Eu sempre digo como eu não preciso de você, mas sempre vai voltar pra isso. Por favor não me deixe, por favor não me deixe...

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Meu Warken *-*


O melhor volante de todos !
O mais querido *-*. Meu Warken !

Um amor verdadeiro ♥


IMORTAL TRICOLOR PRA SEMPRE ! ♥

Twitter *-*

Eles estão me seguindo, dá para acreditar ?! AAAAAAAAAAAAAAAA ! E tem também o @fresnorock, mas não coube na página, UIHSIUAUSHIUHASH. Tô feliz agora, o twitter vale mesmo a pena ! *-*

Beijos Keila :*

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Thinking of You - Katy Perry

Comparações são facilmente feitas, uma vez que você prova a perfeição. Como uma maçã pendurada em uma árvore, eu peguei a mais suculenta e eu ainda tenho a sede. Você disse 'siga em frente', para onde vou? Eu acho que o segundo melhor é tudo que eu vou conhecer. Porque quando eu estou com ele, eu estou pensando em você, pensando em você. O que eu faria se você fosse o tal que estavada gastando a noite ? Ah, eu queria que eu estivesse olhando nos seus olhos. Você é como um verão indiano no meio do inverno, como um doce com um centro de surpresa. Como eu fico melhor? Uma vez que eu provei do melhor? Você disse que há torneladas de peixes na água, então eu vou provar das águas. Ele beijou meus labios, eu provei da sua boca. Ele me colocou para dentro, eu estava degustada comigo mesma. Porque quando eu estou com ele, eu estou pensando em você, pensando em você. O que eu faria se você fosse o tal que estavada gastando a noite ? Ah, eu queria que eu estivesse olhando nos seus olhos. Você é o melhor e sim eu realmente me arrependo. Como eu pude me deixar, deixar você ir ? Agora a lição está aprendida, eu toquei isso e eu fui queimada. Ah eu achava que você devia saber... Porque quando eu estou com ele, eu estou pensando em você, pensando em você. O que eu faria se você fosse o tal que estavada gastando a noite ? Ah, eu queria que eu estivesse olhando nos... seus olhos. Olhando nos seus olhos, olhando nos seus olhos. Ah você não vai andar? Esbarrar a porta e ... Me levar para longe? Ah, sem mais erros, porque nos seus olhos eu gostaria de ficar.

Não Finja se Importar - Fake Number

Tentei encontrar uma forma de te falar dos motivos que me fizeram triste e descobri o porque me peguei sorrindo quando lembrei de ti. Por tanto tempo esperei por esse momento, flashes dos minutos que pra sempre vou guardar, pra sempre vou guardar. Já faz alguns dias e isso só aumenta a agonia te ver vai me fazer lembrar de tudo, de tudo e o que passamos juntos. Pra você não valeu a pena? Ou talvez não tenha significado nada !Por tanto tempo esperei por esse momento, flashes dos minutos que pra sempre vou guardar, pra sempre vou guardar. Pra você não valeu a pena? Ou talvez não tenha significado nada !Por tanto tempo esperei por esse momento, flashes dos minutos que pra sempre vou guardar, pra sempre vou guardar.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro antes, durante e depois de te encontrar. Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil de lidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar. Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência, pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua desajeitada e irrefletida permanência.

Adi *-*

O melhor volante merece um post e um marcador só dele né ?! *-* AAH, tem vários jogos que o Adílson é um dos melhores em campo, e um dos únicos que o Grêmio não pode se dar ao luxo de perder. O guri joga muuuuuito bem !
Boa sorte pra ti, Adi *-* ! Te amo, :D.

Beijos Keila :*

Warken *-*

# Ficha Técnica

Nome: Adilson Warken
Nascimento: 16 de Janeiro de 1987
Local: Bom Princípio/RS
Altura: 1,81m
Peso: 70 kg
Formação: Categorias de Base do Caxias
Último Clube: Caxias
Clube atual: Grêmio
Posição: Volante

Apenas seja forte, independente desse medo que possa vir a lhe cercar. Enfrente os problemas, você apenas precisa aprender a confiar em si. Seja apenas a pessoa que você sempre foi e nunca desista de seguir o seu caminho. Apenas seja, mas além de ser o faça por merecer, faça por merecer crescer, faça por merecer vencer. Apenas siga o seu caminho, ninguém poderá lhe mostrar o que fazer pois uma coisa é certa, mesmo que muitos estejam ao seu lado você apenas poderá lutar sozinho.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Zagueiro Réver não deve deixar o time do Grêmio na janela de transferências

Jogador acha que eventual negócio tem que ser vantajoso para as partes
Resta ainda uma semana para o fechamento da janela de transferências de jogadores para o exterior, responsável pelo desmantelamento de boa parte dos times brasileiros. O Grêmio, porém, dificilmente perderá força. O zagueiro Réver, por exemplo, destaque maior da goleada por 4 a 1 sobre o Atlético-MG, domingo, no Olímpico, não sonha, pelo menos neste momento, em construir uma carreira distante do país.
– Não posso pensar em trocar o Grêmio por qualquer clube. Tem que ser uma coisa muito boa. Tanto para mim quanto para o Grêmio – garante o jogador.
Anunciada por jornais italianos na semana passada, uma suposta oferta da Lazio ainda não se confirmou. Os primeiros rumores davam conta de uma proposta de 3 milhões de euros (cerca de R$ 7,8 milhões). E, ainda assim, pagos de forma parcelada. O Grêmio só aceita negociar o zagueiro se a oferta partir de 5 milhões de euros (R$ 13,1milhões). À vista.
– É claro que daremos uma afrouxada no nosso dia a dia se alguma venda ocorrer. Mas o nosso negócio é montar um bom time de futebol e não ganhar títulos de contabilidade – avisa o presidente Duda Kroeff.
Neste momento, o que mexe com Réver é uma questão afetiva. Dia 20 de outubro, ele irá se casar com Giovanna, uma gaúcha de Santa Rosa que lhe dará o primeiro filho, em 2010. A vitória e a boa atuação de domingo foram comemoradas na casa da noiva. Também foram motivo de festa em Ariranha, sua cidade natal, no interior paulista, convertida por seus familiares e amigos numa pequena colônia gaúcha.
Modesto, Réver não concorda que este seja seu melhor momento no Grêmio, desde que foi contratado do Paulista de Jundiaí no turbulento período que se sucedeu às quedas no Gauchão e Copa do Brasil de 2008.
– A diferença é que, agora, os gols estão saindo com mais frequência – explica.
Duas curiosidades, aliás, marcam essa fase goleadora. A primeira é que a jogada em que Tcheco faz o cruzamento para a área e ele conclui de cabeça era mais ensaiada no ano passsado, ainda sob o comando de Celso Roth.
A outra é que Réver marcou um gol pelo segundo jogo seguido desde a lesão na cabeça, no jogo contra o Palmeiras, dia 6, no Parque Antártica. No domingo anterior, havia feito contra o Flamengo.
– Alguma coisa boa aquela pancada tinha que me trazer – brinca o zagueiro.
Fonte: globoesporte.com

Falhei. Os astros seguem seu caminho.
Minha alma, outrora um universo meu,
É hoje, sei, um lúgubre escaninho
De consciência sob a morte e o céu.

Falhei. Quem sou vivi só de supô-lo.
O que tive por meu ou por haver
Fica sempre entre um pólo e o outro pólo
Do que nunca há de pertencer.

Falhei. Enfim! Consegui ser quem sou,
O que é já nada, com a lenha velha
Onde, pois valho só quando me dou,
Pegarei facilmente uma centelha.

Fernando Pessoa

Rosa de Hiroxima

Pensem nas crianças mudas, telapáticas.
Pensem nas meninas cegas, inexatas.
Pensem nas mulheres rotas, alteradas.
Pensem nas feridas como rosas cálidas.
Mas so não se esqueça da rosa, da rosa.
Da rosa de Hiroxima, rosa hereditária.
A rosa radioativa estúpida e inválida.
A rosa com cirrose a anti-rosa atômica.
Sem cor sem perfume sem rosa, sem nada.

Vinicius de Morais

Réver comemora momento artilheiro e pede força ao Grêmio fora de casa

Equipe ainda não conseguiu vencer como visitante neste Brasileirão

Autor do gol que abriu a goleada do Grêmio sobre o Atlético-MG, por 4 a 1, no estádio Olímpico, o zagueiro Réver comemora o momento artilheiro no Brasileirão. Neste domingo, ele conseguiu marcar o quarto dele no campeonato.
- Fico feliz por fazer os gols. Apesar de ser zagueiro, é sempre bom fazer um golzinho. Tive a felicidade de a bola vir para mim e aproveitar – afirmou.
Apesar de ter conseguido se manter invicto em casa no Nacional, nove vitórias e dois empates, a alegria tricolor ainda não é completa. Isso porque o desempenho da equipe longe de Porto Alegre é péssimo. Em nove partidas como visitante, foram sete derrotas e dois empates.
- A vantagem que temos dentro de casa tem que ser usada fora também. Vamos ver se no próximo jogo a gente consegue aplicar isso. Deixamos a desejar no primeiro turno fora de casa. Esperamos que isso mude a partir do próximo fim de semana – disse.
No domingo que vem, o Tricolor encara o Botafogo, no Engenhão, às 18h30m.

Fonte: globoesporte.com

domingo, 23 de agosto de 2009

Mãos dadas.

Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida e olho meus companheiros.
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.
Entre eles, considero a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.

Não serei o cantor de uma mulher, de uma história,
não direi os suspiros ao anoitecer, a paisagem vista da janela,
não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida,
não fugirei para as ilhas nem serei raptado por serafins.

O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes,
a vida presente.

Carlos Drummond de Andrade.

Desencanto

Eu faço versos como quem chora
De desalento... de desencanto...
Fecha o meu livro, se por agora
Não tens motivo nenhum de pranto.

Meu verso é sangue. Volúpia ardente...
Tristeza esparsa... remorso vão...
Dói-me nas veias. Amargo e quente,
Cai, gota a gota, do coração.

E nestes versos de angústia rouca,
Assim dos lábios a vida corre,
Deixando um acre sabor na boca.

Eu faço versos como quem morre.

Manuel Bandeira

Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração.


William Shakespeare

sábado, 22 de agosto de 2009

Nós passamos toda nossa vida nos preocupando com o futuro, planejando para o futuro, tentando prever o futuro. Como se imaginar fosse, de alguma forma, amortecer o impacto. Mas o futuro está sempre mudando. O futuro é a casa dos nossos medos mais profundos e de nossas esperanças mais selvagens. Mas uma coisa é certa... Quando ele finalmente se revela, o futuro nunca é do jeito que imaginávamos.

Sabe como todo mundo sempre fala de como a sinceridade é a melhor política e que o único relacionamento verdadeiro é sincero e aberto? Bem, acho isso uma besteira. Não que eu ache legal mentir. É só que, às vezes, quanto menos se diz, melhor. Quer dizer, como é que se pode ser interessante sem ter segredos? Onde fica o mistério? O elemento surpresa? Admita, é excitante quando seu namorado viaja no fim de semana e você não tem idéia do que ele está aprontando. Você gosta quando aquele cara por quem você tem uma queda dá uma festa mas fica caladão na maior parte do tempo ou sai da sala para dar um telefonema misterioso. Não é mais interessante imaginar que todo mundo que você conhece tem uma vida dupla? E, encare a realidade, se o que realmente quiséssemos fosse a sinceridade, não íamos gostar de falar tanta porcaria sobre os outros, né?

Quando algo começa, você geralmente não tem idéia de como vai terminar. A casa que você ia vender torna-se seu lar, os colegas de quarto que você foi forçado a aceitar, tornam-se sua família. E a "ficada da noite" que você estava determinado a esquecer, torna-se o amor da sua vida.

Para fazer os nossos trabalhos nós temos que acreditar que ser derrotados não é uma opção, que não importa quão doentes nossos pacientes estão. Há esperança para eles. Mas mesmo quando nossas esperanças não viram realidade e nós finalmente temos que nos render a verdade, só significa que perdemos a batalha de hoje, não a guerra de amanhã.

Muitas vezes, aquilo que você mais quer é a única coisa que não pode ter. O desejo nos parte o coração, nos arrasa. O desejo pode acabar com sua vida. Mas mesmo sendo muito duro querer algo as pessoas que mais sofrem são aquelas que não sabem o que querem.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Liberdade Azul

Sensacões, como são difíceis de serem expressas...
O coração bate tresloucadamente, as mãos suam,nervos a flor da pele e aquela incerteza latente:ligar ou não ligar? E se ele não lembrar de mim? E se simplesmente me ignorar??? O que fazer...
Coração retumbando dentro do peito, ansiedade pura, pulsação como se tivesse acabado de correr uma maratona... E então ela decide: vou ligar e seja o que Deus quiser!
Levanta de sua mesa de trabalho, atrolhada de processos complicadíssimos que destrincha com a maior facilidade e o medo se apodera dela...Não vou desistir, hoje eu vou ligar... Seus dedos tremulam ao digitar os números, código da operadora, 2 números, código da área, + 2, número do telefone, + 08 , são doze intermináveis números que ela digita durante os quais ela simplesmente não raciocina para não desistir.
Números discados, telefone chamando, toca uma, duas, três, ela já até está querendo desligar pensando “viu, ele não atendeu, a culpa não foi minha”! Quando ouve um alô do outro lado, daquela voz tão conhecida, jamais esquecida, apesar do tempo passado, ela tira uma força que não sabia que possuía e começa a falar... Primeiro coisas triviais, “ como tu estás, e o trabalho, saúde?” e todo aquele papo educado que aprendemos a ter, como dizem os franceses “come il faut”... Perguntas que vão , respostas que vêm, questões respondidas e o tempo passando e ela pensando: “eu não vou conseguir...” Mas ela é uma mulher determinada, que aprendeu a lidar melhor com suas emoções e que acha extremamente injusto esconder seus sentimentos dos outros e de si própria...
Então menciona: “isto não têm nada a ver com você , eu é que preciso te dizer isso...” respira fundo e solta o verbo, com uma coragem que vem das entranhas: “tu não sabes como eu te amei naquela época...”, ela nunca havia dito isso com todas as palavras: EU TE AMO! Apesar das atitudes indicaram, os olhos falarem, mas a boca era reprimida... Não conseguia dizer durante todos os momentos apaixonados e maravilhosas vividos, essas palavras mágicas... ela ainda era uma menina-mulher, confusa, apaixonada... e achava que não dizendo isso, deixava de entregar o que já havia sido entregue a muito tempo: sua alma, seu coração e seu corpo... Quanta bobagem... só o tempo e a experiência a deixaram ver isso... Vitória ! Ela disse! Conseguiu! Está em paz com sua consciência. Disse a quem nunca havia dito que o amava, apesar de um atraso de dez anos, mas isso é detalhe! Ela deixou de dizer, ele deixou de ouvir, será que mudaria algo??? Agora isso não interessa...Ele pareceu um pouco perturbado e diz que ficou emocionado...Retribui com o velho jargão “eu também gostei muito de ti”...
Ela não acredita que cumpriu a missão que tinha estabelecido para si mesma, então se despede: “um beijo para ti” e desliga.
Volta para sua sala, senta em sua mesa, em frente ao seu computador, como se nada tivesse acontecido! Tudo parece igual, seus colegas sérios trabalhando, os processos se avolumando e ela tenta se concentrar, seus olhos enchem de lágrimas, ela havia vencido mais uma batalha! Ela era uma mulher de verdade que não esconde o que sentiu, sente e sentirá! Cresceu e amadureceu!
Se parabeniza mentalmente e pensa: “a liberdade realmente é azul!

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Dilacerante é a dor dos amores secretos e não correspondidos, impulsivo e arrasador é o desejo que consome os amores proibidos, mas o amor secreto e proibido por sua vez, é uma corrente subterrânea que ameaça acabar com você.

De repente, um dia, o céu se enche de fantasmas, a vida de esqueletos, a glória de tristezas, a fala de silêncio, de repente, um dia, a traição aparece em nossa vida.

Hoje não importa quantos anos nós temos, sempre podemos escolher. Desde o momento que comemos a primeira papinha, estamos fazendo uma escolha. Está em cada um de nós a responsabilidade de escolher a sua própria vida, seu próprio caminho. A questão é: ao crescer teremos coragem suficiente para fazer isso?

Não permitam que uma luz se separe de você. Muitas vezes porque temos medo de chorar, perdemos a oportunidade de seguir. Muitas vezes porque temos medo de perder, não brigamos pelo que mais queremos e tem vezes que por medo que as coisas talvez não vão sair como queremos agente deixa de acreditar... De sonhar... Não tenha medo de ser você mesmo. Não tenham medo mesmo do que deixaram de acreditar.

As vezes nossos sonhos caem ao chão como pedacinhos de estrelas que pouco a pouco se apagam. Nosso coração chora em silêncio e quando as lágrimas caem, gelam todo o corpo, e o coração de tanto amar, se converte em gelo para não sofrer mais, e para não chorar. Mas se voltar ao céu, vai se dar conta de que há milhões de estrelas, e cada uma é um sonho a cumprir, e a sua força interior derreterá o gelo do teu coração, só não deixe nunca de acreditar, porque o amor e seus sonhos são a única porta que levam a eternidade.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

A Morte Devagar

Morre lentamente quem não troca de idéias, não troca de discurso, evita as próprias contradições.
Morre lentamente quem vira escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajeto e as mesmas compras no supermercado. Quem não troca de marca, não arrisca vestir uma cor nova, não dá papo para quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru e seu parceiro diário. Muitos não podem comprar um livro ou uma entrada de cinema, mas muitos podem, e ainda assim alienam-se diante de um tubo de imagens que traz informação e entretenimento, mas que não deveria, mesmo com apenas 14 polegadas, ocupar tanto espaço em uma vida.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto no branco e os pingos nos is a um turbilhão de emoções indomáveis, justamente as que resgatam brilho nos olhos, sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho, quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não acha graça de si mesmo.
Morre lentamente quem destrói seu amor-próprio. Pode ser depressão, que é doença séria e requer ajuda profissional. Então fenece a cada dia quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem não trabalha e quem não estuda, e na maioria das vezes isso não é opção e, sim, destino: então um governo omisso pode matar lentamente uma boa parcela da população.
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projeto antes de iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe. Morre muita gente lentamente, e esta é a morte mais ingrata e traiçoeira, pois quando ela se aproxima de verdade, aí já estamos muito destreinados para percorrer o pouco tempo restante. Que amanhã, portanto, demore muito para ser o nosso dia. Já que não podemos evitar um final repentino, que ao menos evitemos a morte em suaves prestações, lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar.
Martha Medeiros

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Por favor, não me analise, não fique procurando cada ponto fraco meu. Se ninguém resiste a uma análise profunda, quanto mais eu... ciumento, exigente, inseguro, carente. Todo cheio de marcas que a vida deixou. Vejo em cada grito de exigência, um pedido de carência, um pedido de amor. Amor é síntese, é uma integração de dados, não há que tirar nem pôr, não me corte em fatias, nninguém consegue abraçar um pedaço, me envolva todo em seus braços, e eu serei o perfeito amor.


Mário Quintana

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Meu primeiro selo *-*


AAAH, fiquei muito feliz de ter sido indicada *-*. Muito obrigada ao blog Collectors of emotionspor ter me indicado e sabe que eu sou apaixonada pelo blog de vocês !
Vamos lá, os 5 indicados:
- http://marciamaral.blogspot.com/
- http://unodulceamargo.blogspot.com/
- http://b-glad.blogspot.com/
- http://procurei-em-sonhos.blogspot.com/
- http://morfernandes.blogspot.com/
E de novo, muito obg *-*.
Beijos Keila :*

Dicas de programas e séries de TV

- CQC
- Grey's Anatomy
- Gossip Girl
- The Mentalist
- 90210 (o velho)
- Furo MTV
- Supernatural
- House
- Quinta Categoria
- The Big Bang Theory
- Criminal Minds
- One Tree Hill
- Mental

Versos tristes

Posso escrever os versos mais tristes esta noite. Escrever, por exemplo: "A noite está estrelada, e tiritam, azuis, os astros lá ao longe". O vento da noite gira no céu e canta. Posso escrever os versos mais tristes esta noite. Eu amei-a e por vezes ela também me amou. Em noites como esta tive-a em meus braços. Beijei-a tantas vezes sob o céu infinito. Ela amou-me, por vezes eu também a amava. Como não ter amado os seus grandes olhos fixos. Posso escrever os versos mais tristes esta noite. Pensar que não a tenho. Sentir que já a perdi. Ouvir a noite imensa, mais imensa sem ela. E o verso cai na alma como no pasto o orvalho. Importa lá que o meu amor não pudesse guardá-la. A noite está estrelada e ela não está comigo. Isso é tudo. Ao longe alguém canta. Ao longe. A minha alma não se contenta com havê-la perdido. Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a. O meu coração procura-a, ela não está comigo. A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores. Nós dois, os de então, já não somos os mesmos. Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei. Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido. De outro. Será de outro. Como antes dos meus beijos. A voz, o corpo claro. Os seus olhos infinitos. Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda. É tão curto o amor, tão longo o esquecimento. Porque em noites como esta tive-a em meus braços, a minha alma não se contenta por havê-la perdido. Embora seja a última dor que ela me causa, e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo.

Pablo Neruda

Te amo

Não te amo como se fosse rosa de sal, topázio ou flecha de cravos que propagam o fogo: te amo secretamente, entre a sombra e a alma. Te amo como a planta que não floresce e leva dentro de si, oculta, a luz daquelas flores, e graças a teu amor vive escuro em meu corpo o apertado aroma que ascender da terra. Te amo sem saber como, nem quando, nem onde, te amo diretamente sem problemas nem orgulho: assim te amo porque não sei amar de outra maneira, se não assim deste modo em que não sou nem és tão perto que a tua mão sobre meu peito é minha tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

Pablo Neruda

Fui teu, foste minha

Já não se encantarão os meus olhos nos teus olhos, já não se adoçará junto a ti a minha dor. Mas para onde vá levarei o teu olhar e para onde caminhes levarás a minha dor. Fui teu, foste minha. O que mais? Juntos fizemos uma curva na rota por onde o amor passou. Fui teu, foste minha. Tu serás daquele que te ame, daquele que corte na tua chácara o que semeei eu. Vou-me embora. Estou triste: mas sempre estou triste. Venho dos teus braços. Não sei para onde vou... Do teu coração me diz adeus uma criança. E eu lhe digo adeus.


Pablo Neruda

domingo, 16 de agosto de 2009

Eu acredito no paraíso, e também acredito no inferno. Nunca vi nenhum deles, mas acredito que existam. Eles precisam existir, porque sem paraíso e sem inferno, estamos todos no limbo.
Paraíso. Inferno. Limbo. Ninguém sabe pra onde iremos ou o que nós espera ao chegar lá, mas a única coisa que podemos afirmar, com absoluta certeza, é que há momentos que nos levam a outros lugares, momentos de paraíso na terra, e talvez, por enquanto, isso é tudo o que precisamos saber.

Você é a luz que brilha nos meus olhos ♥

Quero voar para um lugar onde haja somente você e eu. Ninguém mais. Para que possamos ser livres.

Filtro Solar - Pedro Bial.

(...)Não se preocupe com o futuro, ou então se preocupe, se quiser, mas sabiba que pré-ocupação é tão eficaz quanto mascar chiclete, pra tentar resolver uma equação de álgebra. As encrencas de verdade de sua vida tendem a vir de coisas que nunca passaram pela sua cabeça preocupada, e te pegam no ponto fraco ás quatro de uma terça-feira modorrenta. Todo dia enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade.(...)

sábado, 15 de agosto de 2009

Você sabe como quando você é pequeno e acredita em contos de fadas, aquela fantasia do que sua vida seria, vestido branco, príncipe encantado que te carregaria pra um castelo numa colina. Você deitava na cama à noite e fechava seus olhos e tinha toda fé. Papai Noel, a Fada dos Dentes, Príncipe Encantado, eles estavam tão perto que você podia sentí-los, mas, eventualmente, você cresce, um dia abre seus olhos e o conto de fadas desaparece. A maioria das pessoas se vira pras coisas e pessoas que podem confiar. Mas o que é mais difícil de se abrir mão daquele conto de fadas totalmente é que quase todo mundo tem o menos pedacinho de esperança, de fé, de que um dia eles vão abrir seus olhos e o conto de fadas vai virar verdade.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Strip-Tease

Chegou no apartamento dele por volta das seis da tarde e sentia um nervosismo fora do comum. Antes de entrar, pensou mais uma vez no que estava por fazer. Seria sua primeira vez. Já havia roído as unhas de ambas as mãos. Não podia mais voltar atrás. Tocou a campainha e ele, ansioso do outro lado da porta, não levou mais do que dois segundos para atender.
Ele perguntou se ela queria beber alguma coisa, ela não quis. Ele perguntou se ela queria sentar, ela recusou. Ele perguntou o que poderia fazer por ela. A resposta: sem preliminares. Quero que você me escute, simplesmente.
Então ela começou a se despir como nunca havia feito antes.
Primeiro tirou a máscara: "Eu tenho feito de conta que você não me interessa muito, mas não é verdade. Você é a pessoa mais especial que já conheci. Não por ser bonito ou por pensar como eu sobre tantas coisas, mas por algo maior e mais profundo do que aparência e afinidade. Ser correspondida é o que menos me importa no momento: preciso dizer o que sinto".
Então ela desfez-se da arrogância: "Nem sei com que pernas cheguei até sua casa, achei que não teria coragem. Mas agora que estou aqui, preciso que você saiba que cada música que toca é com você que ouço, cada palavra que leio é com você que reparto, cada deslumbramento que tenho é com você que sinto. Você está entranhado no que sou, virou parte da minha história."
Era o pudor sendo desabotoado: "Eu beijo espelhos, abraço almofadas, faço carinho em mim mesma tendo você no pensamento, e mesmo quando as coisas que faço são menos importantes, como ler uma revista ou lavar uma meia, é em sua companhia que estou".
Retirava o medo: "Eu não sou melhor ou pior do que ninguém, sou apenas alguém que está aprendendo a lidar com o amor, sinto que ele existe, sinto que é forte e sinto que é aquilo que todos procuram. Encontrei".
Por fim, a última peça caía, deixando-a nua
"Eu gostaria de viver com você, mas não foi por isso que vim. A intenção é unicamente deixá-lo saber que é amado e deixá-lo pensar a respeito, que amor não é coisa que se retribua de imediato, apenas para ser gentil. Se um dia eu for amada do mesmo modo por você, me avise que eu volto, e a gente recomeça de onde parou, paramos aqui".
E saiu do apartamento sentindo-se mais mulher do que nunca.


Dicas de filmes

  • 10 coisas que eu odeio em você
  • 300 de esparta
  • 7 vidas
  • A casa de cera
  • A casa do lago
  • A espera de um milagre
  • A procura da Felicidade
  • Cidade dos anjos
  • Crepúsculo
  • E se fosse verdade
  • Efeito borboleta 1
  • Eu, robô
  • Hitch - conselheiro amoroso (muiiiito bom)
  • Labirinto do Fauno (bom demaaaais)
  • Marley & eu
  • Monstros S.A.
  • O diabo veste Prada
  • Os outros
  • Peter Pan
  • PS: Eu te amo (meeeelhor)
  • Sobre meninos e lobos
  • Tudo acontece em Elizabethtown
  • Um amor pra recordar

Todos pensamos que seremos ótimos, e nos sentimos um pouco roubados quando nossas expectativas não são preenchidas. Mas algumas vezes as expectativas nos deixam pra trás. Algumas vezes o esperado simplesmente fica pálido em comparação ao inesperado. Você se pergunta porque nós nos agarramos às nossas expectativas, porque o esperado é o que nos deixa certos. De pé. Continuando, o esperado é só o começo, o inesperado é o que muda nossas vidas.

Girls Just Wanna Have Fun - Cyndi Lauper

Eu chego em casa de manhã cedo, minha mãe me diz: Quando é que você vai viver decentemente? Oh, mamãe querida,nós não somos as afortunadas e as garotas querem só se divertir. Oh, as garotas querem só se divertir. O telefone toca no meio da noite, meu pai grita: O que você vai fazer da sua vida? Oh, papai querido, você sabe que ainda é o número um, mas as garotas querem só se divertir. Oh, as garotas querem só se divertir. É isso que elas realmente querem. Se divertir, quando o dia de trabalho termina, as garotas - elas querem só se divertir. Oh, as garotas querem só se divertir. Alguns caras ficam com uma garota linda. E a escondem do resto do mundo, eu só quero poder andar sob a luz do sol. Oh, as garotas querem só se divertir. Oh, as garotas querem só se divertir. É isso que elas realmente querem. Se divertir, quando o dia de trabalho termina, as garotas - elas querem só se divertir. Oh, as garotas querem só se divertir. Querem se divertir, querem se divertir...

New Moon

Não consegui me controlar, embora tivesse medo de que isso me magoasse mais tarde, quando estivesse sozinha de novo. Ele continuava a beijar meu cabelo, minha testa, meus pulsos... Mas nunca meus lábios, e isso era bom. Afinal, de quantas maneiras um coração pode ser destroçado e ainda continuar batendo ? Lua Nova - pág 352.

Breaking Dawn

Mas quando se ama aquele que vai matá-la, não restam alternaivas. Como se pode correr, como se pode lutar, quando essa atitude magoaria o amado? Se a vida é tudo que você tem para dar ao amado, como não dá-la? Quando ele é alguém que você ama de verdade.

- Amanhecer

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

A vida é para nós o que concebemos dela. Para o rústico cujo campo lhe é tudo, esse campo é um império. Para o César cujo império lhe ainda é pouco, esse império é um campo. O pobre possui um império; o grande possui um campo. Na verdade, não possuímos mais que as nossas próprias sensações; nelas, pois, que não no que elas vêem, temos que fundamentar a realidade da nossa vida.

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e a arte de representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida - umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana. Não é o caso da literatura. Essa simula a vida. Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso.


Fernando Pessoa

Nada é por acaso

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final... Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és.
E lembra-te : Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão.


Fernando Pessoa

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Euri ;)

O sujeito estava nomorando a morena mais gostosa do bairro. Aquela que todo mundo gostaria de dar uns amassos. Logo anunciaram casamento.
Mas, depois de alguns meses de paixão, a rotina tomou conta do casamento.
- Amorzinho - disse a morena -, a torneira da pia está quebrada. Você não vai consertar?
- Eu não, eu nao sou encanador! - responde o marido.
Depois de alguns dias:
- Amorzinho, os ladrilhos do banheiro estão soltos, você não vai consertar?
- Cê tá doida! Eu não sou pedreiro!
Mais alguns dias:
- Amorzinho, meu guarda-roupas está com problema, você não vai consertar?
- Cê ta maluca! Eu não sou marceneiro!
Um dia o sujeito teve que ir viajar por uma semana. Quando voltou encontrou tudo consertado.
- Quem consertou a pia? - perguntou o marido.
- O Ricardo - respondeu a morena.
- E os ladrilhos do banheiro?
- O Ricardo também.
- E a porta do nosso guarda-roupas?
- Ora, o Ricardo.
- Mas onde você arrumou dinheiro para pagar o Ricardo, se eu não deixei dinheiro para você?
- Ah, meu bem, quando eu perguntei como poderia pagar, ele me disse que eu tinha duas opções: ou fazia alguns pasteizinhos ou ia pra cama com ele...
- Aquele ordinário! Eu mato aquele desgraçado! Como é que ele fala assim com você? Quantos pasteizinhos ele comeu?
- Cê tá louco? Eu não sou cozinheira!

Pra rir :D

Professora: Vamos fazer um teste de inteligencia! Você, Fernandinho: me diz ai um bichinho de 4 pernas, anda no telhado, dorme no fogão, faz miau, tem bigode e uma azeitona no nariz.
Fernandinho: AZEITONA?! Sei, não, fessora!
Professora - É GATO! A azeitona, so botei pra complicar.
Agora você, Chiquinho: me diz uma coisa que a gente coloca café, leite, tem um biquinho, uma tampinha em cima e uma goiaba em baixo.
Chiquinho: GOIABA?! Sei, não, fessora!
Professora: É BULE!! A Goiaba, so botei pra complicar.
Entenderam como é? Faz comigo agora, Joãozinho. Pergunta pra mim!
E o capetinha da classe: Ah, é? Ah, é?... Pode deixar que eu pergunto... Deixa comigo... O que é uma coisa que é roliça, tem uma ponta vermelha, as mulheres gostam de por na boca e tem duas bolas em baixo?
Professora: O QUE?! TA EXPULSO DA CLASSE, SEU SAFADO!
Joãozinho: Naaaaaaaao, fessora!! É BATOM! As duas bolas, só botei pra complicar.

Obrigado mamãe! hehe ;x

Minha mãe me ensinou a dar valor ao trabalho dos outros:
Se você e seu irmão querem se matar, vão pra fora. Acabei de limpar a casa!
Me ensinou a ter fé:
É melhor você rezar pra sair essa mancha do tapete (euri)
Minha mãe me ensinou lógica e hierarquia:
Porque eu estou dizendo, acabou, e ponto final!
Minha mãe me ensinou o que é motivação:
Continua chorando que eu vou te dar um bom motivo pra chorar!
Me ensinou a contradição:
Fecha a boca e come!
Minha mãe me ensinou a ter força de vontade:
Você vai ficar ai sentado até comer tudo!
Me ensinou a valorizar um sorriso:
Me responde de novo e eu te arrebento os dentes!
Minha mãe me ensinou a retidão:
Eu te ajeito nem que seja em um tapa!


Obrigado mamãe!

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Todos os meus pensamentos são teus ♥

Meu amor...
Tudo que penso, tudo que quero, todos meus sonhos começam em você. Eu nem sei como que foi possível ter vivido tanto tempo sem você!

Um mundo para todos

Imagine que não exista paraíso. É fácil, se você tentar. Não existe inferno abaixo de nós. Acima de nós só o céu. Imagine todas as pessoas vivendo para o hoje. Imagine que não existem países, não é difícil fazê-lo. Nada para matar o pelo que morrer. E que também não existe religião. Imagine todas as pessoas vivendo a vida em paz. Você pode disser; que sou um sonhador, mas não sou o único. Espero que um dia você se-junte a nós. E o mundo será um só. Imagine não haver posses. Pergunto-me e você consegue. Não existe a necessidade para gula ou fome. A fraternidade do homem. Imagine todas as pessoas, dividindo o mundo inteiro. Você pode disser que sou um sonhador, mas não sou o único espero que um dia. Você se junte a nós. E o mundo será um só.


John Lennon

Ep. 23, 2ª temp. - The Wrath of Cron

C: Parece que você precisa de uma bebida.
B: Você está atrasado.
C: O quê?
B: Primeiro sorriso sincero que vejo em você há muito tempo.
C: Escute, Blair...
B: Não, eu falo primeiro. Nate está esperando pela minha resposta.
C: Eu soube.
B: Não quer saber o que está me impedindo? Não posso responder a ele sem saber da sua resposta. Daquela pergunta que te fiz a muito tempo. O que somos Chuck?
C: Blair...
B: No último outono, você disse que não poderiamos ficar juntos. E eu acreditei em você. Mas cada vez que tento seguir em frente, você aparece, agindo como...
C: Agindo como o quê?
B: Como... Talvez só queira que eu seja tão infeliz quanto você é.
C: Nunca desejaria isso a alguém. Quero que seja feliz.
B: Então olhe bem fundo na sua alma, que sei que tem, e diga se o que sente por mim é verdadeiro. Ou se é um jogo. Se for real, daremos um jeito. Todos nós. Mas se não é... Então, por favor, Chuck, deixe-me ir.
C: É só um jogo. Odeio perder. Está livre para ir.
B: Obrigado.

(...)

S: Chuck, por que fez isso?
C: Porque a amo. E não posso fazê-la feliz.

Gossip Girl

Sonhos, todos tem o seu. Alguns bons, alguns ruins.. Alguns que você desejaria esquecer. Algumas vezes percebe que os superou. Algumas vezes sente que estão finalmente tornando realidade. E alguns de nós.. só têm pesadelos. Mas não importa o que sonhe, quando a manhã chega, a realidade se intromete, e o sonho começa a escapar. Sonhe comigo.. Xoxo, Gossip Girl.

Grey's Anatomy +1

- O que é pior: novas feridas que são horrivelmente dolorosas ou velhas feridas que deviam ter sarado anos atrás, mas nunca o fizeram?

- Não importa o quanto algo nos machuca, às vezes se livrar dele dói mais ainda.

- Eu não tenho idéia porque a gente fica adiando as coisas, mas se eu tivesse que chutar, diria que tem muito a ver com o medo. Medo do fracasso. Medo da dor. Medo da rejeição. Seja lá do que a gente tenha medo, uma coisa é sempre verdade: com o tempo, a dor de não ter tomado uma atitude fica pior do que o medo de agir.

- Há um velho provérbio que diz que você não pode escolher sua família. Você aceita o que o destino lhe dá. E gostando deles ou não, amando-os ou não, entendendo-os ou não, você se adapta a eles. Aí tem também aquele que diz que a família onde você nasce é simplesmente o ponto de partida. Eles te alimentam, te vestem e tomam conta de você até que esteja pronto para cair no mundo e encontrar sua própria família, sua tribo.

Grey's Anatomy

- E até hoje, eu acredito que, na maior parte do tempo, o amor é uma questão de escolhas. É uma questão de tirar os venenos e as adagas da frente e criar o seu próprio final feliz.

- Mudanças. Nós não gostamos delas. Nós a tememos. No entanto, não conseguimos evitá-las. Ou nos adaptamos às mudanças, ou somos deixados para trás. Crescer é doloroso. Qualquer um que te disser que não, está mentindo. Mas aqui vai a verdade: às vezes, quanto mais as coisas mudam, mais elas permanecem as mesmas. E às vezes,oh, às vezes mudar é bom. Às vezes mudar é tudo.

- Aqui vai a verdade sobre a verdade: ela machuca. Então, a gente mente.

- Talvez a gente goste da dor. Porque sem ela, talvez, a gente não se sentisse real.

- Na vida, apenas uma coisa é certa, além da morte e dos impostos. Não importa o quanto você tente, não importa se são boas suas intenções, você cometerá erros. Você irá machucar pessoas. E se machucar.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O Impulso.

Sou o que se chama de pessoa impulsiva. Como descrever? Acho que assim: vem-me uma idéia ou um sentimento e eu, em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente. O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma intuição dessas que não falham, às vezes erro completamente, o que prova que não se trata de intuição, mas de simples infantilidade. Trata-se de saber se devo prosseguir nos meus impulsos. E até que ponto posso controlá-los. Há um perigo: se reflito demais, deixo de agir. E muitas vezes prova-se depois que eu deveria ter agido. Estou num impasse. Quero melhorar e não sei como. Sob o impacto de um impulso, já fiz bem a algumas pessoas. E, às vezes, ter sido impulsiva me machuca muito. E mais: Nem sempre os meus impulsos são de boa origem. Vêm, por exemplo, da cólera. Essa cólera às vezes deveria ser desprezada; outras, como me disse uma amiga a meu respeito, são: cólera sagrada. Às vezes minha bondade é fraqueza, às vezes ela é benéfica a alguém ou a mim mesma. Às vezes restringir o impulso me anula e me deprime, às vezes restringi-lo dá-me uma sensação de força interna. Que farei então? Deverei continuar a acertar e a errar, aceitando os resultados resignadamente? Ou devo lutar e tornar-me uma pessoa mais adulta? E também tenho medo de tornar-me adulta demais: eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura. Vou pensar no assunto. E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso. Não sou madura bastante ainda. Ou nunca serei.


(Clarice Lispector)