A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos. (Charles Chaplin)

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Amor Virtual

Esta magia que podemos desfrutar através dessa tela, traz-me de volta um sentido para a vida...
Nunca vi sua boca, mas posso ouvir seu riso e suas palavras de ternura quando nos encontramos... Buscamos um mundo igualmente idealizado, somos parecidos no que vivemos, somos parecidos no que sonhamos, e temos por alguns momentos as mesmas sensações... Não nos conhecemos pessoalmente, mas conseguimos sentir o amor que nasceu, e até acreditarmos que tudo isso pode um dia ser real... Temos saudades um do outro, e sentimos falta quando não nos falamos, chegamos a pensar que tudo é loucura! Mas eu lhe digo: -São os nossos sentimentos verdadeiros, mesmo que distantes, estamos nos desejando, e não nos enganando... Quero você e você me quer, e sempre que temos um tempo, paramos a imaginar como seria viver tudo isso com mais intensidade... Podermos nos olhar e dar continuidade a esse sentimento, podermos nos dar as mãos e sair as ruas felizes, podermos finalmente, nos abraçar e nesse abraço saber que é real, esse amor, essas emoções, essa saudade, esse sentimento maravilhoso que agora nos consome...

1 Comment:

Lays C. Melo said...

Own, achei lindinho esse texto. Aco que hopje é o segundo texto sobre amor virtual que eu vejo e adoro, me identifico muito er/ Parabéns. Beijinhos